Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro, 2017

A liderança nas famílias e nas empresas. Procure a grandeza nos que estão à sua volta e em si!

Imagem
JOSÉ MARRECAS FERREIRA        HTTP://PELAVIADIREITA.COM

Através de uma pessoa amiga encontrei o texto da conferência “Leadership in The Family Enviroment”, proferida na AESE Business School, pelo professor Alex Havard. O autor procura reflectir sobre papel dos pais como educadores. É vocacionado para as famílias, sobretudo na educação dos filhos, no entanto muitas das ideias podem ser aplicáveis noutros contextos, nomeadamente na vida profissional. A partir do artigo deixo algumas notas sobre este tema para pensarmos em conjunto. O texto está disponível online. A ideia chave proposta é a seguinte: ” Education is an attitude we need to have always, with ourselves, with our kids and with everyone (employees, friends), helping people move forward in life. Focus on talents and not limitations and help people find their hidden talents and gifts. Each of your children has a diamond you need to help discover”. Para o professor Alex Havard, liderança é educação. Procurar educar solicita um esfo…

Uma boa obra

Imagem
POVO 28.11.2017


"Aquele que em vós deu início a tão boa obra há de levá-la ao fim, até ao dia de Cristo Jesus"
Filipenses, 1-6

Ainda hoje somos surpreendidos pela criatividade, o entusiasmo e as amizades que a vida do nosso filho Pedro gera. Na semana passada fizeram-se anos cá em casa em dias seguidos, como acontece todos os anos (um dos nossos filhos e o pai). O Pedro tem estado internado num, também habitual, vaivém de casa e hospital. 
Poder e querer festejar nestas circunstâncias é uma graça. Podermos ainda hoje olhar para a nossa vida com gratidão, devemos aos nossos amigos na fé e aos nossos amigos no hospital. Nem sempre são os mesmos, mas às vezes são!
Aos nossos amigos na fé, agradecemos a fidelidade a Jesus, na fidelidade ao movimento Comunhão e Libertação e a D. Giussani. Aos que me contactaram com desejo de, sobre ele, saber mais, não deixem de ler esta primeira impressão "Se queres fazer o que eu fiz, porque não fazes como eu fiz?" sobre o encontro com …

Viver (d)Eficiente

Imagem
No próximo dia 6 de Dezembro, vou participar no I Encontro para famílias do doente crónico e complexo.  A mim cabe-me contar a experiência redentora que foi alargar a nossa família, mesmo na instabilidade e insegurança da saúde do Pedro na altura e que permanece até agora. É que a nossa confiança é esta: "Aquele que em vós deu início a uma boa obra, há-de levá-la ao fim, até ao dia de Cristo Jesus" (Filipenses, 1-6)


A todos peço a divulgação deste encontro para que não fique nenhuma família em circunstâncias difíceis e inseguras sem reconhecer esta obra a que o Senhor dá início em cada uma destas crianças e em cada uma destas famílias. 
www.vivereficiente.pt


“Se queres fazer o que eu fiz, por que não fazes como eu fiz?"

Imagem
CATARINA ALMEIDA     27.11.2017     www.meetinglisboa.org
O Meeting Lisboa nasce da experiência de várias pessoas que sentindo este movimento teimoso de cada coração, não desistem de o acompanhar nesta sua procura.
Tenho muita dificuldade em acompanhar conversas em espanhol. Perco-me, não consigo intervir... Pior, num restaurante de não fumadores, fico realmente impaciente e, normalmente, vou fumar um cigarro enquanto não chega o jantar...

Só que ontem, à mesa com Jesús Carrascosa e alguns dos seus amigos portugueses e espanhóis, não aconteceu assim. O olhar do Carras dominou a conversa. Eu nem sempre percebi tudo o que diziam mas isso não interessou... Vibrava em cada palavra, em cada gesto, em cada segundo a frase de Luigi Giussani para definir o homem verdadeiramente religioso: "viver intensamente o real". O impacto que esta frase teve nele foi das primeiras coisas que contou da sua vida com Luigi Giussani, a seguir ao jantar, a uma sala desejosa de ver e ouvir aquele a…

Presépio na Cidade 7-22 Dezembro 2017

Imagem

Unidade Móvel de Apoio Domiciliário

Imagem
Muito nunca terão ouvido falar da UMAD. Eu também não sabia o que era até que começaram a visitar-me a mim e ao Pedro cá em casa. Na incerteza e na impotência que tem sido tratar dele estes anos, a terapeuta Joana e as várias enfermeiras que nos visitam, semanal e mensalmente, tornaram-se amigas e parte da família. Por isso vale a pena dar a conhecer esta Unidade da Fundação do Gil em parceria com 5 Hospitais Centrais de Portugal.

Ainda me lembro de estar no consultório do Professor Gomes Pedro a contar-lhe que recebia as visitas da UMAD e de como ele ficou contente, pois foi uma das iniciativas que ele pôs em marcha quando era chefe de Pediatria do Hospital de Santa Maria.



A Fundação do Gil continua a precisar de ajuda financeira para levar a cabo esta missão e a casa do Gil, neste momento com 17 crianças que lá vivem. Quem assim entenda não deixe de considerar ajudar. Veja como aqui.  Ou veja o video abaixo com convite para o 1º espetáculo de Stand Up solidário.



Conheça aqui outras…

Papa chega esta segunda-feira ao Myanmar, onde o catolicismo sente em português

Imagem
FILIPE d'AVILLEZ    RR ONLINE   27.11.2017
São algumas centenas de milhares os católicos birmaneses, quase todos descendem de portugueses. Entre as poucas poucas coisas que os ligam a Portugal inclui-se a fé, o chouriço e um enorme orgulho nas raízes.

As aldeias católicas do Myanmar estão vazias por estes dias, quase toda a população viajou para Rangum, a principal cidade do país, para poderem concretizar o sonho de ver o Papa Francisco. “As pessoas estão muito entusiasmadas. Para eles é quase um milagre. A maioria não tem dinheiro para viajar até Roma e agora o Papa vem ter com eles. Vão ver tudo à distância, mas estão muito entusiasmados”, explica James Swe, um birmanês católico radicado no Canadá há 42 anos mas que voltou ao seu país natal para poder participar neste evento. Mas se os bayingyi, como são conhecidos os católicos deste país, estivessem ainda nas suas aldeias, é muito possível que estivessem a fazer chouriço. A iguaria é uma das poucas heranças gastronómicas que sob…

Escola de Comunidade

Imagem
Fico sempre impressionada com o interesse que suscita a fidelidade.
Somos muitos a procurar Alguém a quem seguir, uma direcção. Foi disto que mais uma vez me apercebi, com os vários contactos que recebi depois de divulgar o encontro sobre 'Uma Vida com Luigi Giussani'.  Para quem quiser conhecer mais sobre esta paternidade na fé, como me escreveram alguns, só posso propor a Escola de Comunidade. Um encontro semanal onde se pode entrar nos seus textos e na sua forma de ver a fé, confrontando-a com a própria vida, a própria experiência. 
Há muitos livros que se podem ler, dele e sobre ele, mas não foi assim que o pai o conheceu. Foi a ler os livros de D. Giussani com os amigos de D. Giussani. 

Às 4ªas feiras, às 13:15, eu faço Escola de Comunidade no Hospital D. Estefânia, no Piso 1, sala da Biblioteca D. Pedro V.  Quem tenha interesse na Escola de Comunidade e esteja noutros pontos do país ou da cidade de Lisboa, pode consultar o horário e o local que mais lhe convém na tabela que …