Mensagens

Eleições no PSD: PPD vs PS2

Imagem
JOSÉ MARIA SEABRA DUQUE     WWW.NOSOSPOUCOS.BLOGPSPOT.COM       10.01.2018

O PSD vai a votos. E vai a votos depois da demissão de Pedro Passos Coelho, o homem que liderou o país durante uma crise dramática, que com firmeza conseguiu tirar o país do buraco em que os socialistas nos colocaram, que mesmo depois de tomar medidas necessárias mas duríssimas, ganhou as eleições legislativas e que, ao fim de dois anos na oposição, é levado à demissão por um resultado menos bom nas autárquicas.
E começo por falar de Pedro Passos Coelho, porque me parece que para se perceber bem a importância das eleições do PSD é preciso perceber com clareza como é que lá se chegou.
Porque a verdade é que PPC devia ser um herói do seu partido e afinal acaba a ser empurrado pela porta pequena. Empurrado por quem? Pelas mesmas pessoas que durante quatro anos disseram que tudo o que governo fazia estava mal feito, pelos mesmos que diziam que íamos ter um segundo resgate, pelos mesmos que menosprezaram todos as subid…

Uma forma especial de coragem

Imagem
POVO 12.01.2018
"Hoje é preciso uma forma especial de coragem, diferente daquela que é necessária no campo de batalha, uma coragem que nos faz erguer por tudo o que consideramos ser correcto. Tudo o que é verdadeiro e honesto. Um tipo de coragem que pode fazer frente à subtil corrupção dos cínicos, para mostrar ao mundo que não temos medo do futuro"
Rainha Isabel II de Inglaterra (na mensagem de Natal de 1957)

Impressionou-me a actualidade  e pertinência desta mensagem com 60 anos, tendo em conta que acabámos 2017, o ano dos incêndios, em escândalos políticos, e começamos 2018 com um veto presidencial.
Por isso é bom começar o ano conscientes do que é preciso: "a coragem para afirmar tudo o que é verdadeiro e honesto" e "mostrar que não temos medo do futuro". 
Para o fazer basta saber que Jesus nasceu, que o Natal de Jesus é mesmo para todos, sem excluir ninguém, por isso não há nada nem ninguém a que se possa chamar 'Sem Natal'.


POSTS do ÚLTIMO MÊS:
Ele…

Faith's Night Out 2018

Imagem
As Equipas de Jovens de Nossa Senhora organizam há 5 anos uma sessão de 12 conferências de 7 minutos.  A Edição deste ano acontece no dia 17 de Fevereiro no Centro de Congressos de Lisboa e já têm os bilhetes à venda AQUI.


Mais informações em http://www.faithsnightout.com/.




​Santana defende voto contra eutanásia

Imagem
rronline     12.01.2018 Eunice Lourenço (Renascença) Sofia Rodrigues (Público)
O candidato à liderança do PSD não quer que o grupo parlamentar tenha liberdade de voto como regra nas matérias de ética e da moral. Em entrevista à Renascença e ao “Público”, Santana Lopes diz ter uma posição de princípio favorável ao referendo.
Pedro Santana Lopes diz que não quer pôr ninguém na ordem no PSD, ao contrário de Rui Rio, mas quer um partido mobilizado e com ideias claras, princípios e valores claros. Em entrevista à Renascença e ao jornal “Público”, admite um referendo à eutanásia e pondera não dar liberdade de voto como regra, mas só a quem invocar objeção de consciência.
Miguel Relvas, na entrevista à Renascença e ao “Público”, disse que o líder que vencer estas directas tem de vencer as legislativas do próximo ano se não deverá continuar. E até lançou nomes de sucessores como Marques Mendes ou Luís Montenegro. Se Paulo Rangel ou Montenegro tivessem avançado era candidato neste momento?
Não…

Catherine Deneuve Signs Letter Blaming #MeToo for Spurring ‘Puritanism,’ Unfair Punishment of Men

Imagem
VARIETY.COM   09.01.2018

Iconic French actress Catherine Deneuve is among 100 women who have signed a public letter blaming the #MeToo anti-harassment movement for creating a “totalitarian” climate that unfairly punishes men for flirting “insistently or clumsily,” infantilizes women and undermines sexual freedom.

The letter says that #MeToo, the hashtag that emerged in the wake of the Harvey Weinstein scandal, has led to a campaign of public denunciation and summary justice. The victims have been “men who are sanctioned in their work, pushed to resign, etc., when their only wrongdoing was to touch a knee, try to steal a kiss, speak about intimate things during a professional dinner or send messages that are sexually loaded to a woman who wasn’t attracted to them,” the letter says.

“Rape is a crime. But flirting with insistently or clumsily isn’t a crime, and chivalry is not a machismo aggression,” the letter says, adding that men should have the “indispensable freedom to offend and bo…

Dois livros, dois destinos

Imagem
JOÃO CARLOS ESPADA       OBSERVADOR          08.01.2018


Dois livros recentes revelam dois destinos possíveis para o Ocidente: o tédio e a submissão, por um lado; a honra e a resistência, por outro. A escolha cabe a cada um de nós.


Dois livros recentemente traduzidos entre nós merecem atenta reflexão. Eles exprimem dois entendimentos opostos, mas claramente coexistentes entre nós, da civilização ocidental e dos deveres opostos que esses entendimentos implicam. É difícil exagerar a importância do que está em causa. O primeiro livro é a edição portuguesa de Submissão, do francês Michel Houellebecq. É um livro certamente corajoso (e muito bem traduzido), que retrata duramente a imaginária futura rendição da França (e, com ela, da Europa) ao fundamentalismo islâmico. O mais incrível, à primeira vista, é que essa rendição será efectuada por via eleitoral: todos os partidos ‘respeitáveis’ (do centro-direita à extrema-esquerda) decidem apoiar uma candidato islâmico para derrotar a candidatura …

19 de Janeiro :: Sucesso e Educação

Imagem
O Colégio Campo de Flores nasceu, em 1967, de uma vontade dos seus fundadores, com pouco mais de 30 anos de idade, em arriscar numa proposta educativa que se destacasse pela qualidade, não só académica, mas também relacional.

O Colégio, que deve o seu nome a João de Deus - por quem a sua fundadora nutria admiração enquanto pedagogo e poeta – e ao facto de ter sido construído no campo, começou por ter 150 alunos. Hoje, 1230 alunos fazem parte desta “casa”, desde o Pré-escolar até ao 12ºano.
No momento em que comemoramos o quinquagésimo aniversário, é tempo de celebrar o feito e proporcionar a todos um momento de reflexão sobre a tarefa de educar a Pessoa.

Em particular, desejamos refletir sobre o conceito de “sucesso” neste processo. O que é o sucesso? O foco da nossa vida é só o sucesso? O sucesso é um objetivo razoável ou um sufoco?

Nesta medida, propomos, no dia 19 de janeiro, uma reflexão com especialistas de diferentes áreas do saber à volta desta provocação “Só foco ou sufoco no…